• (11) 3063-4630 / (11) 98108-6767
  • contato@artehall.com.br

  • AgendaArte Hall – Shirley Paes Leme

    voltar para a agenda2/9/16 | sexta-feira

    Shirley Paes Leme apresenta a exposição “Estratégias de Sobrevivência”, Projeto Especial na Arte Hall em parceria com a Galeria Bolsa de Arte .

    Curadoria: Maria de Fatima Lambert

    Shirley Paes Leme, convidada pela Arte Hall a realizar uma intervenção para um lugar especifico, a artista representada pela Galeria Bolsa de Arte ( São Paulo e Porto Alegre),  apresenta a mostra Estratégias de Sobrevivência.

    SPL Cahve

    Texto da Curadora:

    Shirley Paes Leme – Estratégias de Sobrevivência

     Estratégias de Sobrevivência de Shirley Paes Leme é um projeto artístico especial surpreendente, iniciativa realizada no contexto da parceria entre Arte Hall e Galeria Bolsa de Arte – São Paulo. Foi exatamente durante os trajetos realizados pelo centro desta grande cidade que a Artista se deparou, frequentemente, com cartazes, anúncios e folhetos, onde se podia ler a seguinte frase: Compro Ouro/Vendo Ouro. Pensamento atrás de ideia e avançando para argumentos atualíssimos, Shirley Paes Leme concebeu uma ficção estética, radicada na urgência dramática da realidade, em seu cotidiano mais pungente e roçando uma quase escatologia. Cabe a cada um(a) de nós, interpretar, retrair, expandir, descentrar e transpor suas motivações, reflexões, associações múltiplas vertidas quer em palavras materializadas em escultura, quer em figuras, flores, enfim…seres que participam todos de nosso real e imaginário.

    Participe no Ouro, veja (vendo) o Ouro é uma das substâncias que mais potencia sonhos e ilude pesadelos das gentes… isto acontecendo desde que o mundo se viu a ser mundo dos humanos. Desde a alquimia e/ou de tecnologias sofisticadas, passando pela literatura erudita, pelo património oral e popular, coreografando joalharias e talhas douradas na História da Arte, desviando-se dos imbróglios e volúpias da alta finança (economia), subindo escadas da ética, voando com asas de cera nas ideologias e consciente dos poderes, o ouro ornamenta-se a si mesmo. Definam-se as Estratégias de Sobrevivência: quer haja coragem ou repulsa em seguir os devaneios que o ouro provoca; quer baixe a lucidez e a objetividade para detetar o que regimentam as sociedades – independendo dos lugares e dos tempos díspares na cronologia e geografia humanas… Tudo e todos foram/fomos aqui convocados por Shirley Paes Leme: Vendo [do verbo VER] Ouro.

    Curadoria de Maria de Fátima Lambert

    Sobre a artista:

    Entre 1975 e 1978, Shirley Paes Leme frequenta o curso de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Recebe bolsa de estudos da Fulbright Foundation em 1983 e inicia mestrado na Universidade do Arizona, em Tucson. Posteriormente, transfere-se para Berkeley, onde cursa doutorado na John F. Kennedy University, concluído em 1986. Frequentou: San Francisco Art Institute,  Universidade da Califórnia em Los Angeles, e  Universidade da Califórnia em Berkeley. Foi professora titular de Artes Plásticas na Universidade Federal de Uberlândia  de 1978 até 2003 e na Faculdade Santa Marcelina em São Paulo de 1997 até 2014.

    Realizou inúmeras exposições no Brasil e no exterior, como: Bienal de Lausanne, 1993; VII Bienal da Polônia,1995; “Deux Artistes Brésiliens: Amílcar de Castro et Shirley Paes Leme”, Paris, 1996; “Die Anderen Modernen”, Casa das Culturas do Mundo, Berlim,1997; e “Tridimensionalidade na Arte Brasileira do Século XX e Diversidade da Escultura Brasileira”, Itaú Cultural, 1997. Em 2000 participou das seguintes mostras: II Bienal do Mercosul, Porto Alegre; VII Bienal de La Habana, Cuba; “Mostra do Redescobrimento -Brasil +500”, São Paulo e “Século XX: Arte do Brasil”, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, Portugal. Em 2001: Bienal de São Paulo – 50 anos, São Paulo; e  “Côte à Côte – Art Contemporain du Brésil ”, Musée d’Art Contemporain de Bourdeaux, França. Dentre suas mais recentes exposições individuais estão Horas, Galeria do IAV (Goiânia, 2010); “Heterotopias Cotidianas”, Dragão do Mar Arte e Cultura (Fortaleza, 2009); “Ambulantes: Estructura-Acción”, Intervenção Urbana, Cidade do México, (México, 2008); “Endless End (Fim sem Fim)”, Sesc, (São Paulo, 2008) e “Desenho : Atitude”, Nara Roesler Galeria de Arte, (São Paulo, 2007); “Água Viva”, Museu Vale, (Vitoria, E.S.2012); “Incerto limite”, Galeria Bolsa de Arte,( Porto Alegre, R.G.S, 2012).  “Silencioso e incerto”, Matias Brotas Arte Contemporânea, ( Vitória, E.S. 2013). “Microhistórias Diárias”, Galeria Bolsa de Arte de Porto Alegre, (São Paulo, SP 2014), “When attitudes trans form/Quando atitudes trans formam” Centro Cultural Minas, (Belo Horizonte, MG 2015).

     

    Serviço: PROJETO SHIRLEY PAES LEME

    TÍTULO: Estratégias de Sobrevivência 

    ARTE HALL

    2016

    Curadoria: Maria de Fatima Lambert

    Artista: Shirley Paes Leme

    Abertura: sexta-feira dia 02 de setembro das 17h às 22

    E sábado do meio dia Às 18h.

    Arte Hall

    Endereço: Rua Cônego Eugênio Leite, 240

    De seg a sex, das 10h às 18h

    Entrada gratuita

    Informações: www.arte hall.com.br

    Fone:(011) 3063 4630

    E mail:contato@artehall.com.br