• (11) 3063-4630 / (11) 98108-6767
  • contato@artehall.com.br

  • AgendaCarbono Galeria abre individual de Nazareno Rodrigues, artista da 4˚ Edição do Clube Hall

    voltar para a agenda

    Artista lança três múltiplos inéditos e faz retrospectiva de suas edições mais famosas em exposição individual que será inaugurada em 13 de maio

    São Paulo, abril de 2014 – A Carbono Galeria, inaugurada em março de 2013 com a intenção de difundir a arte contemporânea e valorizar os trabalhos em edição, abre no dia 13 de maio a exposição “A ; s Edições – entre guardados e inéditos”, individual do artista Nazareno Rodrigues. A mostra conta com três múltiplos inéditos e uma retrospectiva com as 15 edições mais famosas do artista. Em cartaz até 14 de junho.

    Especialmente para essa exposição, o artista criou três múltiplos: em “E se provou a liberdade uma vez, nada mais os deterá”, cada serigrafia – que retrata um coração humano – recebe uma intervenção manual, levantando a discussão entre múltiplos-únicos, pois embora façam parte de uma edição, cada obra tem uma peculiaridade. Nazareno lança ainda dois tridimensionais, com 15 edições cada, que permitem a interação do público com a obra, estendendo a discussão sobre a unicidade das edições. Um é caixa em madeira com uma cama móvel, esculpida no mesmo material e com um colchão feito de mármore; e a outra obra é um prato de porcelana forrado com fios azuis também modeláveis e com um pequeno barco dentro de uma garrafinha de vidro.

    Dentre as edições participantes da retrospectiva estão algumas das mais famosas do artista: “Esperando”, que traz suas conhecidas miniaturas de cadeiras esculpidas em madeira, dispostas de duas formas diferentes – tiragem de duas; a serigrafia “Os instrumentos de uma carta de amor” – tiragem de 100, a escultura em crochê “Felicidade” – tiragem de 12, o objeto “Um prato cheio de certezas” – tiragem de 30, entre outras.

    Além da individual na Carbono, Nazareno segue com duas exposições pelo Brasil. No Rio de Janeiro, no Oi Futuro Flamengo, expõe obras inéditas na mostra “Somos Iguais”, em cartaz de 15 de abril a 1º de junho; e em São Paulo, no Centro Cultural São Paulo, participa da a “I Mostra do Programa de Exposições 2014” entre 17 de maio e 27 de julho.

    Nazareno Rodrigues

    Graduado em 1998 em Artes Visuais pela Universidade de Brasília-DF. Desde então, tem realizado diversas exposições em galerias particulares e instituições, como MAM-Rio, MAM-SP, MAB-DF, Instituto Cultural Itaú-SP, Funarte e Instituto Tomie Ohtake, além de participar de diversos salões nacionais, projetos de mapeamento, como o Rumos Visuais Itaú, e residências artísticas. Nos anos de 2011, 2008 e 2006 foi indicado ao prêmio Marco Antônio Vilaça-SESI, em 2010 foi um dos artistas convidados do 29º Arte Pará. Suas obras estão em diversas coleções públicas e privadas. Desde os anos noventa, paralelo a atividade artística, tem atuado em outras áreas culturais como professor, curador, coordenador de espaços culturais e consultoria em edições de artes plásticas.

    Carbono Galeria

    A Carbono Galeria, dirigida por Ana Serra e Renata Castro e Silva, foi inaugurada em março de 2013. Com a intenção de difundir a arte contemporânea no Brasil e valorizar as obras múltiplas em seus mais diversos formatos – gravura, escultura, objeto, fotografia etc. –, a galeria promoveu, desde sua inauguração, exposições coletivas, das quais participaram nomes, como Waltercio Caldas, Regina Silveira, Angelo Venosa, Paulo Pasta, Iole de Freitas, Sarah Morris, Tracey Emin, Felipe Cohen, entre outros, além de individuais de Tomie Ohtake e Julio Le Parc. Ainda no ano de sua inauguração, a Carbono lançou em seu próprio website (www.carbonogaleria.com.br) uma galeria virtual, através da qual é possível adquirir obras, que são enviadas a qualquer parte do Brasil. Os clientes cadastrados ainda têm a vantagem de comprar trabalhos através de pré-venda, antes mesmo de seu lançamento.