• (11) 3063-4630 / (11) 98108-6767
  • contato@artehall.com.br

  • AgendaMuBE exibe produção jovem e debate o espaço da arte na atualidade

    voltar para a agenda

    Exposição: “Betão à Vista”

    Além de reunir artistas já conhecidos a novos nomes que despontam no cenário artístico da cidade, exposição traça relações e questionamentos sobre o museu.

    O Museu Brasileiro da Escultura – MuBE recebe a partir de 01 de agosto, às 19h, a exposição “Betão à Vista”, expressão lusitana que traduzida ao português brasileiro significa “Concreto Aparente”, reúne produção de jovens expoentes do cenário artístico da cidade de São Paulo e trata a arquitetura de Paulo Mendes da Rocha como ferramenta interpretativa da arte, levando em consideração o espaço em si e suas possibilidades de tensionar qualificações espaciais e operar como crítico de seu interior.

    Alberto_SIMON_5.jpg

    A mostra, sem curadoria nem segmento temático, foi concebida pelo artista Alberto Simon, e tem como objetivo experimentar a autonomia dos artistas em colocar suas produções na proposta do espaço. Participam da exposição instalações, esculturas, pinturas e fotografias, muitas delas inéditas e pensadas para o espaço, dos artistas Adriano Costa, Alberto Simon, Christoph Keller, Debora Bolsoni, Deyson Gilbert, Erika Verzutti, Layla Motta, Lucas Simões, Paulo Monteiro, Raquel Uendi e Roberto Winter.

    Christoph_Keller_whirling-still(1)

    Segundo o organizador da mostra, o artista Alberto Simon, “Betão à Vista” pretende trazer fôlego à programação contemporânea na institutição, com obras de artistas de destaque na cena cultural paulista e debatendo interpenetração da arte na arquitetura e vice-versa. Desde sua inaguração, o museu tem recebido  duras críticas da classe artística por disfunções do espaço cultural, que abriga eventos comerciais diversos.

    DeysonGilbert_etanol_1

    Erguido em concreto aparente, com áreas expositivas abrigadas abaixo do nível da rua e jardins desenhados por Burle Marx, o Museu Brasileiro da Escultura, inaugurado em 1995, é um exemplo de arquitetura que tenta abranger a condição pública tão presente na arte contemporânea.Erika_Verzutti