• (11) 3063-4630 / (11) 98108-6767
  • contato@artehall.com.br

  • Artista Antonio Dias

    Retrato Antonio Dias
    Antonio Dias

    Nasceu em 1944 em Campina Grande na Paraiba. Vive e trabalha no Rio de Janeiro.

    Obra exclusiva para o Clube Hall:

    Obra Antonio Dias - Clube Hall 9a Edição

    Título: Sem título, 1984

    Técnica: Água forte 2 cores, papel Arjomari.

    Dimensões: 50 x 70 cm

    Trabalho produzido na Toscana no estúdio do Salvador Dalí

    Biografia: 

    No início da carreira de Antonio Dias, na década de 1960, sua obra era constituída de vinhetas políticas sardônicos na forma de esculturas moles, desenhos e montagens pertencentes ao neofigurativismo. Sua abordagem divertida e subversiva de erotismo, sexo e opressão política o levou a desenvolver uma obra singular e conceitual repleta de elegância formal, mas entrelaçada por questões políticas e críticas contundentes ao sistema da arte.

     

    Em 1966, em meio ao golpe militar brasileiro, Dias deixou o Brasil rumo a Europa. Na década de 1970, estabeleceu-se em Milão e desenvolveu uma forte tendência a trabalhos conceituais, como a série The Illustration of Art. No final da década de 60, a participação do público se tornou uma preocupação cada vez mais pungente, como na instalação de 1968, Do it Yourself: Freedom Territory The invented country (God-will-give days), exibida na 29ª Bienal de São Paulo, em 2010, tendo o último sido adquirido em 2012 pelo MoMA. Em 1977, após umaviagem ao Nepal, o trabalho de Antonio Dias tomou um novo rumo. O que começou como uma viagem para pesquisar diferentes tipos de papel, transformou-se em uma série de colaborações com fabricantes de papel locais de Barabashi, resultando em trabalhos comoChapati for Seven Days (1977) e Niranjanirakhar (1977). Durante a década de 1980, o artista voltou sua atenção mais uma vez para a pintura, fazendo experimentos com pigmentos metálicos e minerais, tais como ouro, cobre, óxido de ferro e grafite, misturando-os com uma variedade de agentes aglutinantes.

    Antonio Dias nasceu em 1944 em Campina Grande, Paraíba. Vive e trabalha entre Rio de Janeiro e Milão. Seus trabalhos fazem parte de importantes coleções internacionais, tais como: MoMA, Nova York, EUA; Ludwig Museum, Colônia, Alemanha; Daros Collection, Zurique, Suíça; Städtische Galerie im Lenbachhaus, Munique, Alemanha; Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires, Buenos Aires, Argentina; e Centro Studi e Archivio della Comunicazione, Università de Parma, Itália, e renomadas coleções nacionais, tais como: Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro; Museu de Arte Contemporânea do Paraná, Curitiba; Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro; Museu de Arte Moderna de São Paulo, São Paulo; Itaú Cultural, São Paulo; Pinacoteca do Estado de São Paulo, São Paulo; Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo, São Paulo; Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães, Recife; e Museu de Arte Contemporânea de Niterói/Coleção Sattamini, Niterói.

     

    Voltar ao Clube 

    Fale Conosco