• (11) 3063-4630 / (11) 98108-6767
  • contato@artehall.com.br

  • AgendaGaleria Emma Thomas inaugura exposições dos artistas Pontogor e Caco Galhardo

    voltar para a agenda

    “Razão”, de Pontogor, pesquisa a relação entre o tempo e o conhecimento; e “Elisabeta”, de Caco Galhardo, apresenta obras em nanquim sobre uma personagem russa fictícia

    São Paulo, abril de 2014 – No dia 08 de maio, quinta-feira, às 18h, a Emma Thomas abre as exposições “Razão”, do artista Pontogor, e também “Elisabeta”, do cartunista Caco Galhardo. É a primeira vez que estes artistas expõem na galeria e apresentam obras inéditas, em cartaz até o dia 07 de julho.

    Em “Razão”, individual do artista carioca Pontogor, são apresentados trabalhos que questionam a lógica racional refletindo sobre os conceitos do tempo, a fé e a razão. As instalações que formam a mostra pesquisam os limites do entendimento do mundo sensível através do estudo do ritmo, da composição e do peso. Sempre utilizando o acaso como ferramenta para criação das obras, elas materializam esses limites do compreensível no jogo e contraposição de materiais e articulações instáveis.

    Relogio detal bx
    A experiência do espectador na exposição ativa o aparente estado de equilíbrio das estruturas, a dicotomia e tensão latentes nos objetos, fotografias, colagens e instalações.

    Já a individual do cartunista Caco Galhardo, intitulada “Elisabeta” parte do desejo do autor de expandir os horizontes de seu trabalho, que há mais de 20 anos explora a produção de narrativas com imagens.

    A mostra reúne 21 desenhos feitos em nanquim, que compõem um painel sobre a história fictícia da personagem russa Elisabeta, que sai de sua terra natal e desembarca no Rio de Janeiro, por engano, nos anos 50.

    Pontogor
    Nascido no Rio de Janeiro em 1981, atualmente vive e trabalha em São Paulo. Desde 2005 sua pesquisa tem foco em meios como: vídeo, fotografia, instalação, performance e som. Em processos peculiares, seus trabalhos são desenvolvidos com equipamentos como: TVs velhas, vitrolas, mesas de som, equipamentos encontrados, eletrônicos modificados e câmeras de segunda mão. Em 2007 ganhou o prêmio “Prodem”, na Bienal Siart em La Paz, Bolívia, com a vídeo/instalação “Pianos”. Participou de residências artísticas, como: Batiscafo, em Cuba, e Air Antwerpen, na Bélgica, entre outras. Dentre as principais exposições que participou estão: “Rumos Artes Visuais 2012”, em São Paulo, Goiânia e Joinville; “Performance Arte Brasil”, no MAM-RJ, performance no Terreiro “A Pele do Invisível”, durante a 29ª Bienal de São Paulo; “Latidos Urbanos”, em Santiago, Chile; além de ser contemplado com o edital do Banco do Nordeste para a realização da individual “Ação”, no CCBNB.

    Caco Galhardo

    O cartunista paulistano Caco Galhardo publica há quase 20 anos sua tira diária no jornal Folha de S. Paulo, entre outras colaborações com os maiores veículos de mídia impressa do país, além de seis livros publicados com seus trabalhos, sempre aliando texto e imagem. Em 2010, fez sua primeira incursão no teatro como autor da peça “Meninas da Loja”, no Espaço Parlapatões, em São Paulo.

    Caco Galhardo 1