• (11) 3063-4630 / (11) 98108-6767
  • contato@artehall.com.br

  • AgendaKUNSTHALLE São Paulo apresenta exposição e performance

    voltar para a agenda

    Beni Bischof

    Silly to the max

    Abertura: Sábado 10 Maio 2014, 18h-21h. 

    Exposição até 7 Junho 2014.

    unnamedKUNSTHALLE São Paulo convida o artista suíço Beni Bischof para apresentar Silly to the max, sua primeira exposição individual no Brasil, que dá continuidade ao projeto LX92.

    O trabalho de Bischof é caracterizado pelo questionamento do absurdo da rotina e monotonia da vida quotidiana, e da falta de sentido e natureza ridícula dos prazeres humanos. Com um humor cínico e uma evidente predileção pelo caos, o artista, através de gestos intuitivos, manipula e modifica o contexto de coisas existentes, criando um divertido e absurdo ‘cosmos’.

    Música, literatura, programas de TV, revistas de fofocas, bugigangas da sociedade de consumo, e principalmente, a internet e sua enxurrada diária de notícias, servem de inspiração e matéria-prima para suas obras, que são engraçadas, mas ao mesmo tempo um pouco perturbadoras. Utilizando pintura, desenho, colagem, escultura e manipulação de fotografia, seu trabalho aborda tanto uma temática atual, pop e underground, quanto questões políticas e críticas sociais, apresentados através de seu interesse pela anti-estética, a desconstrução, o absurdo, e a beleza destruída.

    Para o projeto na KUNSTHALLE São Paulo, o artista, cujas audaciosas exposições parecem à primeira vista caóticas, desenvolverá durante o período em que estiver na cidade novas obras in loco, permitindo que os vestígios do processo de trabalho continuem visíveis ao observador.

    Curadoria de Marina Coelho

    Apoio: the Swiss Arts Council Pro Helvetia 

    Renan Marcondes

    Dar o braço ao cinza

    Ação nº1: Para Malevich

    Sábado 10 Maio 2014, 18h-20h

    unnamed-2KUNSTHALLE São Paulo convida o artista Renan Marcondes (*1991, São Paulo) para realizar Dar o braço ao cinza, um projeto constituído por performances duracionais realizadas durante os sábados do mês de maio na vitrine do espaço.

    O artista, cuja pesquisa busca a desconstrução do gesto e dos materiais – geralmente transformados em suas perfomances – propõe para esse trabalho quatro diferentes ações que fazem referência à prática de outros artistas, adquirindo assim um carácter metalinguístico. Os registros ou reminiscências de cada ação permanecerão na vitrine, criando camadas que podem ser vistas pelo espectador durante todo o processo.

    Ação nº1: Para Malevich

    Sábado 10 Maio 2014 – 18h-20h

    Ação nº2: Para Fontana

    Sábado 17 Maio 2014 – 10h-13h

    Ação nº3: Para Alys

    Sábado 24 Maio 2014 – a partir das 10h

    Ação nº4: Para Schendel

    Sábado 31 Maio 2014 – 10h-13h

    Finissage

    Sábado 7 Junho 2014 – 18h-20h

    Sobre Renan Marcondes

    Renan Marcondes (*1991, São Paulo) é formado em artes visuais pelo Centro Universitário Belas Artes e mestrando em Poéticas Visuais pela UNICAMP. Como performer, já realizou trabalhos de Tino Sehgal (Kiss, na Pinacoteca de São Paulo), Laura Lima (Bala de Homem/Carne Mulher/Carne, no Museu de Arte Moderna de São Paulo), Juliana Moraes (Peças Curtas para Desesquecer, no Centro Cultural São Paulo), entre outros. Entre as exposições das quais participou estão: Abre Alas, na Galeria Gentil Carioca (2014), no Rio de Janeiro; 65º Salão de Abril, no Centro Cultural Banco do Nordeste (2014); Bienal internacional de dança do Ceará (2012), ambas em Fortaleza. Foi premiado no Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto (2013), em Santo André.